Por Redação

XXII Bienal de Música Brasileira Contemporânea

Publicado segunda-feira, outubro 23, 2017

Começa nesta terça-feira a 22ª edição da Bienal de Música Brasileira Contemporânea realizada pela Fundação Nacional de Artes – FUNARTE. Ao longo da semana, na Sala Cecília Meireles, o público poderá ter acesso a 61 peças inéditas: 15 de compositores convidados e 46 escolhidas através do Prêmio Funarte de Composição Clássica 2016.

O evento tem como princípio e compromisso refletir e estimular as mais diferentes apresentações da música brasileira contemporânea focando em sua diversidade de linguagens, formação, meios e estéticas. A programação da Bienal é reflexo desse compromisso com obras dos mais variados estilos desde orquestral à eletroacústica. Este ano a edição homenageia três personalidades da música brasileira que deixaram um legado importante para o cenário cultural: os compositores Sergio Roberto de Oliveira (1970/2017) e Olivier Toni (1926/2017), e ao Embaixador Vasco Mariz (1921/2017), historiador, musicólogo e pesquisador da música brasileira. Também será a ocasião de homenagear Flávio Silva, cujo nome e atuação estão vinculados decisivamente às Bienais de Música Contemporânea.

A Bienal segue até domingo (29). Os concertos têm início às 19h, exceto no encerramento às 17h. Os ingressos variam entre R$5 e R$10 para os concertos na Sala Cecília Meireles.